Press "Enter" to skip to content

Ações: Ibovespa acelera queda; Magalu e Gafisa caem

Confira os principais destaques corporativos do pregão desta sexta-feira (Foto: Shutterstock)

O Ibovespa, principal índice de ações da B3, acelerava as perdas na tarde desta sexta-feira (23), abaixo dos 125 mil pontos, com investidores receosos quanto ao nível geral de preços no País após o IPCA-15 de julho acima do esperado e pressionado pela queda de blue chips como Vale.

A seguir, leia os principais destaques corporativos do pregão desta sexta-feira:

Petrobras (PETR4): Em dados de produção do segundo trimestre, a petrolífera teve produção comercial de petróleo e gás natural de 2,48 milhões de barris de óleo equivalente por dia, alta de 0,4% comparada a igual período em 2020, produção de 1,74 milhão de barris por dia de derivados de petróleo, queda de 4,4% em relação ao trimestre anterior e venda de óleo combustível que subiu 52,8% ante 2020. Além disso, a plataforma P -70  da Petrobras atingiu capacidade máxima de 150 mil barris de petróleo por dia. As ações caíam 0,56%, cotadas a R$ 26,75.

Magazine Luiza (MGLU3): A varejista levantou R$ 3,981 bilhões em oferta de novas ações ordinárias (follow-on) que tem como objetivos financiar aquisições estratégicas, dentre outras coisas. As ações caíam 3,18%, cotadas a R$ 22,51.

Gol (GOLL4): A companhia expandiu e reforçou o Acordo de Compra de Capacidade com a Voepass para retomada de rotas e mais voos no Estado da Bahia a partir deste mês de julho. As ações caíam 0,47%, cotadas a R$ 21,34.

Vale (VALE3): A Samarco, joint venture da Vale e BHP Billiton, fechou um acordo para reduzir o valor dos honorários pagos aos escritórios que administram seu processo de recuperação judicial. Além disso, o Sindicato Metabase Brumadinho recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 3ª Região solicitando a elevação para R$ 3 milhões da indenização a ser paga pela Vale, que disse que desde 2019 firmou acordos trabalhistas envolvendo mais de 1,6 mil familiares de vítimas. As ações caíam 1,50%, cotadas a R$ 112,98.

Jalles Machado (JALL3): Em entrevista ao Mercado News, o CFO da empresa sucroalcooleira afirmou que a alta de preços dos produtos vendidos pela Jalles ajuda a equilibrar a conta do plano de investimento de R$ 517 milhões (para a expansão do volume de moagem de suas unidades), que ficou em montante mais elevado que o previsto inicialmente. As ações se mantinham estáveis, cotadas a R$ 10,00.

EspaçoLaser (ESPA3): A empresa inaugurou duas lojas próprias na Colômbia, com investimento de cerca de US$ 150 mil por estabelecimento. As ações caíam 3,04%, cotadas a R$ 18,20.

Braskem (BRMK5): A empresa divulgou que a produção de eteno no Brasil cresceu 9% na comparação anual. As ações caíam 5,64%, cotadas a R$ 58,88.

BTG Pactual (BPAC11): O Cade aprovou a compra da Empiricus e Vitreo Holding e de suas subsidiárias pelo BTG Pactual. As units subiam 0,25%, cotadas a R$ 31,74.

American Express: A empresa anotou lucro líquido de US$ 2,3 bilhões no segundo trimestre deste ano, um crescimento de 795% na comparação com igual período em 2020.

Intel: A companhia registrou lucro líquido de US$ 5,1 bilhões no segundo trimestre, queda de 1% na comparação com igual período do ano passado

Twitter: A empresa registrou lucro líquido de US$ 66 milhões no segundo trimestre, revertendo o prejuízo de US$ 1,378 bilhão de igual período em 2020.

Recomendações: 

Gafisa (GFSA3): O time de analistas do Bradesco BBI reiniciou a cobertura das ações da incorporadora de imóveis, com recomendação neutra e preço-alvo de R$ 5,50 ao fim de 2022,  observando que a cotação atual do papel está relativamente “equilibrada”, mas citando evolução da companhia rumo aos objetivos. As ações caíam 0,97%, cotadas a R$ 4,07.

Petrobras (PETR4, PETR3): A equipe de análise do Safra elevou o preço-alvo da ação da Petrobras para R$ 38 ao fim do ano diante da cotação mais alta do petróleo, reiterando a recomendação “acima da média” ao papel. As ações caíam 0,56%, cotadas a R$ 26,75.

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

Seja o primeiro à comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *