Press "Enter" to skip to content

Plantão News: Bolsa vira e passa a subir com Petrobras; Braskem e Sanepar caem

(Fonte: Shutterstock)

O Ibovespa, principal índice de ações da B3, abandonava o terreno negativo e passava a subir na tarde desta terça-feira (5), acompanhando a melhora das bolsas em Nova York, com o impulso das ações da Petrobras (PETR4) após a decisão da Opep+ (Organização dos Países Exportadores de Petróleo mais aliados) de cortar a produção da commodity em fevereiro e março.

A seguir, leia os principais destaques corporativos do pregão desta terça-feira:

Braskem: A Braskem (BRKM5) conseguiu suspender o ofício de medidas adicionais da Agência Nacional de Mineração (ANM) para encerramento de atividades de extração de sal-gema em Maceió, capital de Alagoas, com valor estimado de cerca de R$ 3 bilhões. Os papéis da companhia recuavam 1,03%, cotados a R$ 23,11.

Ecorodovias: A Ecorodovias (ECOR3) registrou queda de 6,8% no volume de tráfego consolidado de suas rodovias na comparação entre o período de 16 de março de 2020 a 3 de janeiro de 2021 contra o período de 18 de março de 2019 e 5 de janeiro de 2020. As ações da empresa recuavam 1,51%, cotadas a R$ 13,05.

Banco do Brasil: O Banco do Brasil (BBAS3) anunciou a venda de 1.404 imóveis com descontos que podem chegar a 70%. A oferta abrange casas e apartamentos com valores que variam de R$ 15 mil a R$ 21,7 milhões. A campanha de venda tem previsão de seguir até o dia 15 de janeiro. As ações do banco caíam 0,79%, cotadas a R$ 37,29.

Sanepar: A Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar (SAPR11)  anunciou que retomou o rodízio do fornecimento de água para a região metropolitana de Curitiba. O rodízio havia sido suspenso no dia 22 de dezembro, e, segundo a companhia, foi registrado aumento do consumo de água de 11,7% no intervalo até 3 de janeiro contra o período anterior – 1º a 21 de dezembro. As units da Sanepar tinham queda de 3,23%, a R$ 24,30.

AES Brasil: A agência de classificação de risco Fitch Ratings colocou em “observação negativa” a nota de crédito de longo prazo da AES Brasil (TIET11), geradora de energia elétrica, após a compra de complexos de energia eólica. Os papéis da empresa tinham leve queda de 0,18%, a R$ 16,25.

JHSF: A JHSF Participações (JHSF3) anunciou um aumento de capital social com a emissão de 1.413.712 novas ações destinadas exclusivamente a atender ao exercício de opções de compra nos termos do Plano de Opção de Compra de Ações da Companhia, perfazendo o valor total de aumento de capital de R$ 5.766.570,53. As ações da JHSF subiam 0,27%, a R$ 7,46.

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

Seja o primeiro à comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *