Press "Enter" to skip to content

Suportes fiscal e monetário seguem necessários para manter recuperação, diz BCE

Para o fiscal, Lagarde diz que o apoio deve deixar de ser generalizado (Foto: BCE)

Para a presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, apoio monetário e fiscal conjuntos ainda são necessários para a economia da zona do euro seguir em expansão no futuro próximo, segundo ela afirmou durante painel organizado pela Escola de Altos Estudos Comerciais de Paris e pela Liga Europeia para Cooperação Econômica nesta quinta-feira.

Ainda que a recuperação econômica do bloco esteja em ritmo “mais acelerado que o esperado há seis meses”, Lagarde argumentou que o BCE não pode repetir os “erros do passado” e manter as condições financeiras favoráveis, à medida que empresas na zona do euro começam a reinvestir capital, e não apenas recuperar a liquidez perdida durante a crise do coronavírus.

Para o fiscal, Lagarde diz que o apoio deve deixar de ser generalizado, para tornar-se mais direcionado a setores específicos da economia.

A banqueira central ainda alertou que, apesar do bloco monetário ter retomado o nível de crescimento do período anterior à pandemia, a trajetória de crescimento esperada à época não foi retomada.

Os suportes econômicos também seguirão necessários, segundo ela, para atingir os objetivos de longo prazo da UE, como a planejada transição verde e tecnológica. “Transição verde é imperativa e ditará onde dinheiro será gasto”, afirmou a presidente do BCE.

Por Gabriel Caldeira

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

Seja o primeiro à comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *