Press "Enter" to skip to content

Bolsas da Ásia fecham mistas; temor regulatório derruba ações em Hong Kong

O desempenho misto na Ásia veio após as bolsas de NY encerrarem a última semana no vermelho (Foto: Divulgação)

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta segunda-feira, mas preocupações com o aperto regulatório na China, que tem focado empresas de tecnologia, voltaram a derrubar ações do setor em Hong Kong.

A ação do Alibaba despencou 4,23% em Hong Kong após relatos de que órgãos reguladores chineses planejam exigir a cisão do Alipay, popular aplicativo de pagamentos do Ant Group, empresa afiliada do gigante de comércio eletrônico. Outras “big techs” sofreram tombos no mesmo mercado, caso da Tencent (-2,45%) e da Meituan (-4,47%).

O índice Hang Seng, da Bolsa de Hong Kong, terminou o pregão em baixa de 1,50%, a 25.813,81 pontos.

Já em Tóquio, o índice acionário japonês Nikkei subiu 0,22%, a 30.447,37 pontos, impulsionado por papéis de bancos e do segmento de eletrônicos, enquanto em Seul, o sul-coreano Kospi teve ganho apenas marginal de 0,07%, a 3.127,86 pontos, ajudado por ações financeiras e de siderúrgicas.

Na China continental, o Xangai Composto se valorizou 0,33%, a 3.715,37 pontos, mas o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,05%, a 2.500,83 pontos. Mineradoras e petrolíferas foram destaque positivo, mas as montadoras caíram após um regulador em Pequim defender a consolidação da indústria de carros elétricos.

Em Taiwan, o Taiex apresentou modesta baixa de 0,16%, a 17.446,31 pontos.

O desempenho misto na Ásia veio também após as bolsas de Nova York encerrarem a última semana no vermelho, com os índices Dow Jones e o S&P 500 acumulando perdas por cinco sessões consecutivas.

Oceania

Na Oceania, a bolsa australiana teve alta modesta nesta segunda-feira, sustentada pelos setores minerador e petrolífero. O S&P/ASX 200 avançou 0,25% em Sydney, a 7.425,20 pontos.

* Com informações da Dow Jones Newswires

Por Sergio Caldas*

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

Seja o primeiro à comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *