Press "Enter" to skip to content

IFIX opera em alta moderada com cautela sobre inflação e Copom

A alta do IFIX é contida pelo receio em torno da próxima reunião do Copom (Foto: Freepik)

Índice de Fundos de Investimento Imobiliário (IFIX) da B3 operava em alta nesta quinta-feira (29), limitado pela cautela dos investidores com o avanço da inflação e a expectativa pela próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), prevista para a semana que vem.

Investidores analisam o resultado do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), que acelerou a 0,78% em julho, de 0,60% em junho, de acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), abaixo da mediana das projeções. Mesmo assim, o movimento de aceleração da inflação ao produtor e as revisões altistas de projeções para a inflação ao consumidor em 2021, somados à alta de preços de energia elétrica e combustíveis, aumentam a expectativa por uma elevação mais agressiva da taxa Selic, e inspiram cautela.

As atenções voltam-se agora para a reunião do Copom, que deve dar sinais da avaliação que o colegiado do Banco Central (BC) faz do cenário de inflação elevada no País, trazendo mais clareza sobre até onde irá o ciclo de alta dos juros.

Destaques

O CSHG Prime Offices (HGPO11), fundo do segmento de imóveis comerciais, liderava as altas do IFIX, subindo 1,32%, aos R$ 226,96. O Hotel Maxinvest (HTMX11), outro fundo que investe em imóveis comerciais, exibia a segunda maior alta, com valorização de 1,22%, sendo negociado a R$ 111,35. Em terceiro lugar vinha o Urca Prime Renda (URPR11), fundo de papéis, com alta de 1,10%, sendo cotado a R$ 126,69.

Na outra ponta, a maior queda era do Brazil Realty (BZLI11), fundo híbrido, caindo 3,04% e sendo negociado a R$ 14,35. A segunda maior desvalorização era do General Shopping Ativo e Renda (FIGS11), fundo que investe em imóveis desenvolvidos ou administrados pela General Shopping Brasil, que caía 1,34%, a R$ 63,63. Por fim, a terceira maior desvalorização era do Alianza Trust Renda Imobiliaria (ALZR11), fundo híbrido, que recuava 1,02%, sendo cotado a R$ 121,97.

Ao fim da manhã, o IFIX subia 0,11%, aos 2.820 pontos. Na quarta-feira (28), o índice fechou em leve queda de 0,2%, aos 2.817 pontos.

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

Seja o primeiro à comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *