Press "Enter" to skip to content

Bolsa: 6 em cada 10 investidores pretendem investir mais em ações, diz UBS

Sentimento do investidor melhorou com o progresso da vacinação (Foto: Pixabay)

A maioria dos investidores brasileiros está otimista com a Bolsa de Valores e considera elevar a exposição em ações, de acordo com pesquisa do UBS que traz uma percepção favorável sobre a economia, apesar do risco de inflação.

De acordo com o levantamento, um total de 61% dos investidores pretende ampliar a fatia de ações em suas carteiras, enquanto 30% devem deixar como está e 9% avaliam reduzir a posição.

Cenário político, novas ondas da pandemia e aumento de impostos são as ameaças que podem atrapalhar os objetivos financeiros do investidor brasileiro, mostra o estudo do UBS.

A pesquisa do banco suíço revela que 7 em cada 10 investidores estão mais otimistas com a economia brasileira, ante 6 em 10 no primeiro trimestre do ano, na esteira do progresso da vacinação contra Covid-19. A inflação mais elevada lidera a lista de preocupações sobre a atividade econômica.

Global

No levantamento considerando investidores globais, o UBS notou que quase metade deles acredita que a inflação vai acelerar nos próximos 12 meses e, neste contexto, planejam investir mais ações e ativos reais.

Mais especificamente, 35% pretende comprar ações, 33% metais preciosos, 32% investimentos sustentáveis e 32%, imóveis. No caso da renda variável, o otimismo prevalece, com 67% estimando que a Bolsa em seu país irá subir nos próximos 6 meses.

A pesquisa do UBS ouviu 2.999 investidores e 1.201 empresários, entre 23 de junho e 12 de julho, em 15 mercados, incluindo o Brasil.

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

Seja o primeiro à comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *