Press "Enter" to skip to content

Ações: Bolsa avança com Petrobras; Méliuz, Arezzo e Cogna sobem

Confira os principais destaques corporativos do pregão desta sexta-feira (Foto: Shutterstock)

O Ibovespa segue em alta na tarde desta sexta-feira (14), seguindo as bolsas norte-americanas e contando com impulso dos papéis da Petrobras, que têm grande peso no principal índice da B3.

A seguir, leia os principais destaques corporativos do pregão desta sexta-feira:

Petrobras (PETR4): A petrolífera registrou no primeiro trimestre lucro líquido de R$ 1,16 bilhão, revertendo prejuízo do início de 2020. Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 48,94 bilhões, avanço de 30,5% sobre igual período do ano passado. Analistas do Itaú BBA e do Santander deram upgrade nas recomendações aos papéis da estatal petrolífera. As ações PN subiam 4,04%, cotadas a R$ 26,00.

CCR (CCRO3): A empresa reportou no primeiro trimestre um lucro líquido de R$ 688,9 milhões, alta de 137,8% sobre igual intervalo de 2020. As ações subiam 0,15%, cotadas a R$ 13,30.

Magazine Luiza (MGLU3): A rede varejista teve lucro líquido de R$ 258,6 milhões no primeiro trimestre, alta de 739,7% ante 2020. As ações caíam 0,05%, cotadas a R$ 19,10.

Méliuz (CASH3): O Méliuz anunciou compra do marketplace de comparação de preços Melhor Plano por R$ 10,3 milhões. As ações subiam 8,33%, cotadas a R$ 34,98.

Grupo Energisa (ENGI11): A Energisa Sul-Sudeste teve lucro líquido de R$ 49,3 milhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 106,8% em comparação com mesmo período no ano passado. As ações do grupo subiam 0,79%, cotadas a R$ 44,60.

Arezzo (ARZZ3): A empresa ainda busca uma grande aquisição para crescer no varejo de moda e incrementar seu portfólio. As ações subiam 2,65%, cotadas a R$ 83,45.

Oi (OIBR3): A empresa estima cortar custos de R$ 1 bilhão ao longo deste ano, prevendo um fluxo de caixa positivo a partir de 2023. As ações ON subiam 1,90%, cotadas a R$ 1,60.

Sabesp (SBSP3): A empresa registrou lucro líquido de R$ 496,9 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo o prejuízo de R$ 657,9 milhões observado um ano antes. As ações subiam 2,18%, cotadas a R$ 42,14.

IRB Brasil Re (IRBR3): A empresa encerrou o primeiro trimestre com lucro líquido de R$ 50,8 milhões , alta de 44,9% ante mesmo período no ano passado. As ações caíam 4,16%, cotadas a R$ 6,22.

Qualicorp (QUAL3): A companhia administradora de planos de saúde fechou a compra de 35% da startup Escale. As ações subiam 6,85%, cotadas a R$ 26,82.

Ser Educacional (SEER3): A empresa registrou lucro líquido de R$ 30,068 milhões no primeiro trimestre, alta de 79,3% na comparação com o mesmo período do ano passado. As ações subiam 2,81%, cotadas a R$ 13,88.

Cogna (COGN3): O grupo educacional registrou prejuízo líquido de R$ 90,975 milhões no primeiro trimestre, 132,5% pior que no mesmo período de 2020. Apesar disso, analistas da corretora Ativa destacam o bom crescimento do EAD na Kroton e a reestruturação da parte presencial do ensino superior. As ações subiam 4,13%, cotadas a R$ 4,03.

Vale (VALE3): A mineradora anunciou que iniciará operação de navio com velas rotativas para reduzir emissões. Em dia de queda das cotações do minério de ferro, as ações caíam 1,92%, cotadas a R$ 110,33.

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

Seja o primeiro à comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *