Press "Enter" to skip to content

Gol estima prejuízo por ação de R$ 2,35 por ação no 1º trimestre

Gol estima prejuízo por ação de aproximadamente R$ 2,35 por ação no 1º trimestre (Foto: Divulgação / Gol)

A Gol divulgou sua atualização operacional mensal referente a março, além de estimativas para os resultados do primeiro trimestre de 2021. No período, a companhia aérea espera prejuízo de R$ 2,35 por ação, e US$ 0,83 por American Depositary Receipt (ADR).

A margem Ebitda entre janeiro e março, excluindo despesas não operacionais e não recorrentes, deve ficar entre 20% e 22%, ante 46% no primeiro trimestre de 2020. A receita unitária de passageiro no período deve ser cerca de 12% menor na comparação anual, e a receita unitária deve recuar 9%.

Já em março, a média de voos diários ficou em 245, ante 355 registrados em fevereiro. Em dias de pico, foram 381 voos diários da Gol no mês passado. Segundo a empresa, houve uma queda de 25% na busca por passagens aéreas em relação a fevereiro.

A receita bruta consolidada da Gol em março foi de R$ 300 milhões, queda de 37% na comparação com fevereiro. A liquidez total ficou em R$ 1,9 bilhão em março, recuo mensal de 10%.

A frota total da Gol em março estava em 127 aeronaves, e o número de unidades em operação foi de 60, 15 a menos do que em fevereiro. A taxa de ocupação nos voos domésticos e internacionais ficou em 71,8%, queda de 9 pontos ante fevereiro.

Por Renato Carvalho

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

Seja o primeiro à comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *