Press "Enter" to skip to content

Privalia e MaterDei protocolam pedido para realizar IPO na B3

(Foto: B3/Divulgação)

A plataforma online de varejo de moda Privalia e a rede de hospitais MaterDei protocolaram nesta quarta-feira (17) pedidos de registro de oferta pública inicial de ações (IPO) com distribuição primária e secundária.

—> Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito, todos os dias, em seu e-mail

    Receba nossos conteúdos!

    Nas duas operações, o BTG Pactual é o coordenador-líder. No caso do IPO da Privalia, também atuam na oferta o JPMorgan, o Itaú BBA e o Credit Suisse. No caso da MaterDei, os participantes são o Bradesco BBI, o Itaú BBA, JPMorgan e Safra.

    Em 2020, a Privalia teve prejuízo líquido de R$ 14 milhões, ante lucro de R$ 12 milhões em 2019 e de R$ 51 milhões em 2018. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no ano passado foi de R$ 58 milhões, ante R$ 45 milhões em 2019.

    O MaterDei, que tem 18% de participação em leitos privados na região metropolitana de Belo Horizonte, teve lucro de R$ 72,643 milhões em 2020, quase metade dos R$ 138,104 milhões apurados em 2019. O Ebitda fechou o ano passado em R$ 155,298 milhões, queda de quase 40% ante o ano anterior.

    Por Renato Carvalho

    Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

    Seja o primeiro à comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *