Press "Enter" to skip to content

XP eleva preço-alvo da Vale com minério mais caro e demanda da China

Vale tem lucro de R$ 4,83 bilhões no 4º trimestre e encerra 2020 no azul (Foto: Divulgação/Vale)

A equipe de análise da XP Investimentos atualizou a projeção de preço-alvo da ação da Vale (VALE3) para R$ 122 (de R$ 86), mantando a recomendação de “compra” e o status de preferida do setor.

—> Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito, todos os dias, em seu e-mail

A nova estimativa incorpora a alta nos preços de commodities, que motivou o time da corretora a elevar a perspectiva para a cotação do minério de ferro em 2021, de US$ 100 a tonelada para US$ 135 a tonelada, em média. Atualmente, a commodity é negociada a US$ 170 a tonelada.

Em paralelo, os analistas da XP destacam a demanda saudável de minério de ferro na China, refletindo incentivos do governo e um cenário mais desafiador para a oferta do produto desde a eclosão da pandemia de Covid-19.

“Adicionalmente, uma geração de caixa mais forte pode resultar em dividendos mais robustos. Estimamos um retorno com dividendos de 8,5% em 2021, que pode ser ainda maior se a empresa decidir por alguma distribuição extraordinária”, escreve a equipe da XP, em relatório.

Cotações

Nesta sexta-feira (22) de pessimismo generalizado nos mercados, as ações da Vale operavam em queda de 2% na B3, cotadas a R$ 91,44.

O Ibovespa, por sua vez, caía 1,7% – quarta desvalorização seguida -, aos 116.267 pontos.

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

Seja o primeiro à comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *