Press "Enter" to skip to content

Plantão News: Petrobras, Carrefour Brasil, Gafisa, Embraer, Direcional e Ferbasa em foco

Confira os principais destaques corporativos do pregão desta quarta-feira na B3 (Foto: Shutterstock)

O Ibovespa ampliava a queda na tarde desta quarta-feira (13), abaixo dos 122 mil pontos, com a notícia de aumento da adesão à greve de caminhoneiros prevista para o próximo dia 1 de fevereiro pressionando as ações da Petrobras (PETR4), que caíam 4%.

—> Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito, todos os dias, em seu e-mail

A Bolsa brasileira acompanha a cautela no mercado internacional diante do processo de impeachment movido contra o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O exercício de opções sobre Ibovespa e o vencimento de contrato de Ibovespa também pesavam no pregão da B3.

A seguir, leia os principais destaques corporativos do pregão desta quarta-feira:

Carrefour: As ações do Carrefour Brasil (CRFB3) sobem nesta quarta-feira, acompanhando os papéis da matriz em Paris diante da divulgação de conversas entre a gigante de lojas de conveniência canadense Couche-Tard e o Carrefour França sobre uma possível união de forças entre as empresas. As ações subiam 5,11%, cotadas a R$ 21,18.

Eletrobras: O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse acreditar que o Congresso aprove a privatização da Eletrobras (ELET6) ainda no 1º semestre deste ano. Ele afirmou que, caso a estimativa se concretize, será possível iniciar a implementação da capitalização da empresa no segundo semestre. Os papéis da Eletrobras PNB caíam 1,36%, a R$ 33,94.

Direcional Engenharia: As ações da incorporadora e construtora Direcional Engenharia (DIRR3), focada em imóveis populares e de médio padrão, avançam na contramão do Ibovespa após a empresa apresentar seu “melhor trimestre de lançamentos da história” no período dos últimos três meses de 2020. Os papéis da construtora avançavam 1,04%, cotados a R$ 14,46.

Embraer: A Embraer (EMBR3) comunicou que recebeu a encomenda de mais 2 jatos E195-E2 por parte da Congo Airways, que já tinha pedido 2 jatos E190-E2 há 6 meses. No total, o contrato das 4 aeronaves soma US$ 272 milhões. As ações da companhia tinham queda de 2,04%, a R$ 9,10.

BTG Pactual: O BTG Pactual (BPAC11) anunciou uma parceria de 5 anos com a Mosaico Tecnologia, empresa especializada em conteúdo comercial digital dona do Buscapé, Zoom e Bondfaro, visando oferta de cashback e criação de uma plataforma de e-commerce. As units do BTG recuavam 1,73%, cotadas a R$ 90,78.

BR Distribuidora: A BR Distribuidora (BRDT3) comunicou que firmou um memorando de entendimento não vinculante para possível venda das participações nas usinas termelétricas Pecém Energia e Muricy para a New Fortress Energy. As ações recuavam 0,58%, cotadas a R$ 22,38.

Ânima e Ser: A Ser Educacional (SEER3 e a Ânima Educação (ANIM3) informaram que não exerceram suas opções de, respectivamente, compra e venda das instituições de ensino Ritter, Fadergs e IBMR. No entanto, a Ser permanece com direito de preferência, caso a Ânima decida vender as entidades. As ações da Ânima caíam 2,22% (a R$ 35,23), enquanto os papéis da Ser perdiam 0,51% (R$ 15,67).

AES Brasil e Ferbasa: A AES Brasil (TIET11) firmou um memorando de entendimento junto à Ferbasa (FESA4) para o fornecimento de 80MW médios pelo prazo de 20 anos, com entrega de energia a partir de 2024. Trata-se do primeiro contrato de venda de energia do Complexo Eólico Cajuína, no Rio Grande do Norte. As units da AES Brasil se valorizavam em 0,72%, a R$ 16,88 e as ações da Ferbasa caíam 2,23%, a R$ 21,90.

Gafisa e Even: A Gafisa (GFSA3) comunicou que concluiu a aquisição do empreendimento Hotel Fasano Itaim e de 32 studios junto à Even (EVEN3) pelo valor total de R$ 310 milhões. As ações da Gafisa ganhavam 4,14%, a R$ 4,28, enquanto as ações da Even recuavam 2,09%, a R$ 11,22.

Easynvest: A corretora Easynvest anunciou a compra da gestora de investimentos Vérios, fundada em 2012, com mais de R$ 400 milhões sob gestão e os serviços de comparação de fundos e robô de investimento – que faz a alocação dos recursos de forma automatizada.

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.