Press "Enter" to skip to content

Entrevista: Trisul conseguiu comprar terrenos a preços mais baixos

Trisul avalia que foi bem-sucedida na compra de terrenos (Foto: Trisul/Site)

A construtora Trisul (TRIS3), focada no mercado de médio e alto padrão de São Paulo, avalia que foi bem-sucedida na compra de terrenos a preços anteriores ao da onda de valorização que se iniciou em janeiro, após levantar R$ 405 milhões via oferta de ações em setembro de 2019.

Tudo que você precisa saber sobre o mercado, todos os dias, em seu e-mail

Além disso, em entrevista ao Mercado News, o diretor adjunto de relações com investidores da Trisul, Michel Christensen, reiterou o objetivo de cumprir o guidance (meta) de lançamentos de R$ 1 bilhão neste ano e disse que o volume de distratos permanece sob controle.

Conforme números divulgados semanas atrás, a construtora fechou o terceiro trimestre com aumento de 42% nas vendas líquidas em relação ao segundo trimestre, totalizando R$ 246,9 milhões. O lucro líquido atingiu R$ 48 milhões no período, um crescimento de 35% em relação ao trimestre anterior. Só em novembro, as ações TRIS3 já acumulam ganhos de 15%, limitando em 18% a desvalorização acumulada desde o início do ano.

Leia, abaixo, trechos da conversa com Michel Christensen:

Como está a atividade de lançamento e venda agora em outubro e novembro?

Quando fizemos a publicação dos resultados dos 9 meses de 2020, a gente havia divulgado um lançamento de R$ 568 milhões. A gente propôs um guidance para 2020 de R$ 1 bilhão, então devemos compor essa diferença. Deverá ser um lançamento em volume de valor geral de vendas em torno de R$ 430 milhões, distribuídos em três empreendimentos.

Como a Trisul está vendo a questão de distratos? Está sob controle?

Tudo permanece sob controle. Temos um volume de distrato, mas não houve nenhuma mudança.

Qual é o diferencial da Trisul que o senhor destacaria?

Nós temos o ciclo de incorporação e o ciclo de construção mais curtos do mercado, o que resulta em uma maior rentabilidade. Hoje, nós temos o maior ROE (retorno sobre o patrimônio líquido) do setor, a maior rentabilidade do setor. Além disso, nós também temos um landbank (banco de terrenos) de extrema qualidade, sendo que 70% desse landbank é localizado na zona oeste e zona sul de São Paulo, nas áreas de maior poder de absorção de lançamentos, locais com maior calor de renda. É importante pensar na Trisul com três palavras: segurança, rapidez e lucratividade. Então, nós temos uma operação extremamente segura nas áreas de maior absorção, somos muito rápidos no ciclo construtivo e no ciclo de incorporação e temos uma lucratividade muito sólida.

Há alguma possibilidade de pagamento de dividendo extra aos acionistas?

Nós, historicamente, pagamos dividendos próximos de 30% do lucro. Então, mais do que isso, eu não consigo te dizer porque eu estaria dando um guidance de dividendo. É uma questão que não consigo dar mais informações, mas, historicamente, é isso.

Como a Trisul está vendo o mercado de compra de terreno em um cenário de empresas mais capitalizadas?

Nós já demos um salto na frente da concorrência: compramos terrenos em preços anteriores a essa onda de valorização. Nós efetuamos o nosso follow-on (oferta subsequente de ações) em setembro do ano passado, fomos uma das primeiras empresas a acessar o mercado nessa janela gigantesca que se abriu entre as empresas de incorporação e construção. E justamente por conta disso, conseguimos garantir esses terrenos.

Então hoje a Trisul está super bem posicionada em termos de terreno, super bem equalizada em termos de estrutura de capital. Nós divulgamos um guidance de lançamentos bienal entre 2020 e 2021 de R$ 2,8 bilhões a R$ 3,2 bilhões. Temos apresentado margens sólidas, nosso VSO (vendas sobre oferta) é de 24% já nos últimos 5 anos, então temos conseguido manter nossa atividade bastante sólida. E em termos de terreno, já demos esse salto na frente, garantimos esses terrenos de extrema qualidade em preço anteriores à elevação que se deu a partir de janeiro.

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.