Press "Enter" to skip to content

Ações: Bancos e varejistas sustentam Ibovespa; Natura e Eletrobras sobem após resultados

Confira os principais destaques corporativos do pregão desta quinta-feira (Foto: Shutterstock)

O Ibovespa segue em alta na tarde desta quinta-feira (13), acompanhando as bolsas norte-americanas e com impulso das ações de bancos e varejistas na B3. As ações de empresas exportadoras de matérias-primas, por sua vez, recuam, na esteira da queda das cotações de commodities no mercado internacional.

A seguir, leia os principais destaques corporativos do pregão desta quinta-feira:

Suzano (SUZB3): A empresa elevou a sua previsão de investimento neste ano de R$ 4,9 bilhões para R$ 6,2 bilhões. As ações subiam 0,75%, cotadas a R$ 68,76.

Eletrobras (ELET6): A empresa registrou um lucro líquido de R$ 1,6 bilhão no primeiro trimestre de 2021, 31% superior ao do mesmo período do ano passado. E uma receita de R$ 5,846 bilhões com sua atividade de geração, queda de 2% ante igual etapa de 2020. Além disso, cresce a expectativa para a divulgação do texto final da MP de privatização da companhia. As ações PNB subiam 3,80%, cotadas a R$ 39,97.

Natura (NTCO3): A empresa de produtos cosméticos obteve prejuízo líquido de R$ 155,2 milhões, redução de 81% ante a perda do mesmo período de 2020. As ações subiam 5,70%, cotadas a R$ 50,09.

Guararapes (GUAR3): A empresa registrou prejuízo líquido de R$ 104,9 milhões no primeiro trimestre de 2021, 120,8% superior ao prejuízo do mesmo período de 2020. As ações subiam 0,99%, cotadas a R$ 18,27.

Copel (CPLE6): O Conselho de Administração do BNDES Participações definiu que a venda de sua participação na Copel se dará por meio de oferta pública secundária de Units, mediante registro na U.S. Securities and Exchange Commission. As ações subiam 0,69%, cotadas a R$ 5,82 .

Via (VVAR3): A empresa reportou lucro líquido de R$ 180 milhões no primeiro trimestre de 2021, 13 vezes maior em relação ao mesmo período do ano anterior. As ações subiam 4,27%, cotadas a R$ 12,20.

Oi (OIBR3): A Oi no primeiro trimestre de 2021 saiu com prejuízo líquido 44% menor em relação a perda no mesmo período de 2020. As ações caíam 3,53%, cotadas a R$ 1,64.

JBS (JBSS3):  A empresa obteve lucro líquido de R$ 2,045 bilhões no primeiro trimestre, revertendo o prejuízo líquido de R$ 5,933 bilhões verificado em igual período de 2020. As ações caíam 1,02%, cotadas a R$ 30,96.

BRF (BRFS3): A empresa registrou lucro líquido de R$ 22 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo o prejuízo de R$ 38 milhões reportado no primeiro trimestre do ano passado. As ações caíam 3,23%, cotadas a R$ 20,39.

Kepler Weber (KEPL3): A empresa anunciou investimento de R$ 22 milhões e informou que a maior parte dos recursos será destinada especificamente para a modernização das fábricas e para “aprimorar o posicionamento da empresa em ESG. As ações subiam 1,31%, cotadas a R$ 53,48.

Modalmais (MODL11): A empresa obteve lucro líquido ajustado de R$ 24 milhões no primeiro trimestre de 2021, o que representa um salto de 660% ante mesmo período em 2020. As ações subiam 1,16%, cotadas a R$ 18,27.

Tesla (TSLA34): O CEO da empresa, Elon Musk, informou que a mesma suspendeu as compras de veículos com Bitcoin devido a preocupações ambientais.

Ford (FDMO34): A Ford e o Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari (BA) fecharam acordo para a indenização dos 4 mil trabalhadores da montadora e cerca de mil das empresas de autopeças que operam no complexo.

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

Seja o primeiro à comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *