Press "Enter" to skip to content

Ações: Carrefour Brasil e NotreDame caem após resultados em dia de queda da Bolsa

Confira os principais destaques corporativos do pregão desta quarta-feira (Foto: Shutterstock)

O Ibovespa, principal índice de ações da B3, recuava cerca de 2% nesta quarta-feira (12), acompanhando o comportamento negativo das bolsas em Nova York após divulgação de dado de inflação nos Estados Unidos acima das expectativas.

A seguir, leia os principais destaques corporativos do pregão desta quarta-feira:

Carrefour Brasil (CRFB3): Nos resultados do primeiro trimestre, o lucro líquido ajustado do grupo foi de R$ 420 milhões, alta de 4,7% ante o mesmo período de 2020. As vendas em base “mesmas lojas” cresceram 11,6% (sem gasolina). Segundo a companhia, a alta foi suportada pelo crescimento de 12,9% no Atacadão. As ações caíam 4,56%, cotadas a R$ 20,52.

Eletrobras (ELET6): A companhia informou que sua subsidiária Eletronorte assinou acordo para renegociação de dívidas com a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA). As ações caíam 4,22%, cotadas a R$ 38,25.

CSN Mineração (CMIN3): A mineradora controlada pela CSN assinou um contrato junto a um sindicato de bancos para pré-pagamento de exportação no valor de US$ 350 milhões e um prazo final de 12 anos. As ações caíam 4,06%, cotadas a R$ 49,68 .

Petrobras (PETR4): A petrolífera assinou com a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA)  um acordo judicial para encerramento de litígio e recuperação de crédito, reconhecido no valor de R$ 314 milhões. As ações caíam 1,31%, cotadas a R$ 24,81.

Telefônica Brasil (VIVT3): A empresa assinou um memorando de entendimentos vinculante com a Teladoc Health, para a criação de uma plataforma digital de saúde e bem-estar batizada de Vida V. As ações caíam 2,47%, cotadas a R$ 42,75.

Caixa: O banco registrou lucro líquido no primeiro trimestre de 2021 de R$ 4,6 bilhões, alta de 50,3% em relação ao mesmo período do ano passado.

Santos Brasil (STBP3): A operadora de contêineres apresentou lucro líquido de R$ 30,9 milhões no primeiro trimestre, revertendo o prejuízo de R$ 13,3 milhões ante mesmo período em 2020.  As ações caíam 1,35%, cotadas a R$ 7,30.

NotreDame Intermédica (GNDI3): A operadora de planos de saúde apresentou no primeiro trimestre de 2021 prejuízo de R$ 27,9 milhões, revertendo o lucro observado um ano antes, de R$ 160,4 milhões. As ações caíam 4,07%, cotadas a R$ 80,09.

Marfrig (MRFG3): A companhia encerrou o primeiro trimestre de 2021 com lucro líquido de R$ 279 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 137 milhões registrado em igual período do ano passado. As ações caíam 6,23%, cotadas a R$ 19,40.

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

Seja o primeiro à comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *