Press "Enter" to skip to content

Bolsas globais oscilam com receio de alta de impostos nos EUA

Investidores reagem à intenção de Joe Biden de criar um imposto para os mais ricos (Foto: Shutterstock)

Os principais mercados de ações internacionais operavam com rumos distintos nesta sexta-feira (23): as bolsas europeias recuavam, enquanto os índices futuros em Wall Street apontavam para cima após uma sessão turbulenta na véspera.

A informação de que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pretende elevar impostos sobre ganhos de capital (de 23,8% para 43,4%) para pessoas com renda anual acima de US$ 1 milhão desagradou investidores.

As bolsas norte-americanas caíram cerca de 1% na quinta-feira (22) e os mercados europeus sofrem desvalorização nesta sexta-feira, com investidores realizando lucros após máximas recordes atingidas pelo índice Euro Stoxx 600 recentemente. 

Assim, por ora, ficam em segundo plano novidades animadores sobre a retomada da atividade. Índices de gerentes de compras (PMI) indicam que a recuperação econômica da zona do euro está ganhando tração, com números acima do esperado.

Na Ásia, o mercado ignorou o possível aumento de impostos nos EUA e as bolsas fecharam majoritariamente em alta.

Por volta de 7h40 (horário de Brasília) desta sexta-feira, o índice europeu Euro Stoxx 600 perdia 0,4%, enquanto os futuros dos índices Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq subiam 0,1%, 0,2% e 0,2%, respectivamente.

Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

Seja o primeiro à comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *