Press "Enter" to skip to content

Raízen vai pagar R$ 3,6 bi à Biosev em fusão; ações sobem

Lucro líquido da Cosan no quarto trimestre tem queda de 21,8% em relação ao ano anterior (Foto: Divulgação)

A Raízen, joint venture formada por Cosan (CSAN3) e Shell, firmou acordo nesta segunda-feira (8) para adquirir a 100% das ações da Biosev (BSEV3), em uma combinação de negócios que envolverá troca de ações e um pagamento em dinheiro.

—> Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito, todos os dias, em seu e-mail

    Receba nossos conteúdos!

    A Raízen vai pagar R$ 3,6 bilhões para refinanciamento da dívida da Hédera Investimentos (controladora da Biosev) e emitirá 3,5% de novas ações preferenciais à Hédera, conforme comunicado enviado ao mercado. 

    De acordo com o texto, após a conclusão da operação, o nível de endividamento da Raízen será preservado.

    “A operação se encaixa estrategicamente no plano de negócios de longo prazo da Raízen baseado no fortalecimento de sua posição de liderança no processo de transição energética, através da ampliação da oferta de energia mais eficiente, limpa e renovável, e está em conformidade com o alto nível de disciplina financeira da companhia”, informa a Cosan.

    Análise

    “Ao se unir a um grupo financeiramente sólido como a Raízen, a Biosev terá condições de equacionar seu alto endividamento, que atualmente pressiona seus resultados e impõe riscos de refinanciamento não desprezíveis. (…) Paralelamente, a Raízen extrai valor da transação à medida que consolida sua posição de liderança no setor de açúcar e álcool. Estima-se que a companhia vai alcançar 15% da capacidade de moagem de cana do Centro-Sul”, avalia a equipe da casa de análise de investimentos Levante.

    Ações

    Por volta de 11h40 (horário de Brasília) na B3, as ações da Cosan avançavam 5%, para R$ 82,81. Já os papéis da Biosev subiam 4,9%, cotados a R$ 8,19.

    No mesmo instante, o Ibovespa operavam em alta de 0,16%, aos 120.434 pontos.

    Siga o Mercado News no Twitter e no Facebook e assine nossa newsletter para receber notícias diariamente clicando aqui.

    Seja o primeiro à comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *